Ex-Atlético-MG, Fernando Viana marca e garante permanência do Kisvárda na elite da Hungria
Fernando Viana comemorando o gol que garantiu a permanência do seu clube na Série A da Hungria (Foto: Divulgação/Kisvárda)

Partida valia vida ou morte para Kisvárda ou Diósgyor, porém, o empate do Debreceni VSC acabou salvando às duas equipes.

Neste sábado (27/06), o Kisvárda foi até o DVTK Stadion, visitar o Diósgyor para realizar uma das partidas mais tensas da temporada húngara, que foi válida pela 33ª e última rodada da liga nacional.

Na temporada passada, o Kisvárda recém chegado na Série A da Hungria, só conseguiu a permanência na elite na última rodada da competição, neste ano, eles tiveram novamente que recorrer a isso para não amargar o rebaixamento, só que desta vez com um desafio maior, pois pegou o Diósgyor fora de casa, que também precisava vencer pra se manter. Para alívio da torcida dos visitantes, Nemanja Obradovic abriu o placar logo aos 8 minutos do primeiro tempo, e após falha do goleiro dos mandantes, aos 40 do primeiro tempo, Fernando Viana ampliou e definiu a partida para sua equipe, que seguirá na elite na próxima temporada.

O Diósgyor seguiu apreensivo até o final do jogo, pois o Debreceni VSC jogou no mesmo horário, e ficou a um gol de conseguir escapar da degola.

Veja o gol de Fernando Viana abaixo (clique no primeiro link):

Már kettővel megy a Kisvárda

Dörgés, villámlás, gól.Viharszünet után Viana flipperezésével kettőre nőtt a kisvárdai előny Miskolcon.

Posted by M4Sport on Saturday, June 27, 2020

Lucas Marcolini, ex-Athletico PR, e Jefferson Gomes ex-Juventude, dividiram campo com Fernando Viana pelo Kisvárda.

Fernando Viana foi formado nas categorias de base do Atlético-MG, porém, nunca teve oportunidades na equipe profissional e acabou se transferindo para o Joinville, onde ficou por 5 anos. Ele jogou também no Paraná e no Ituano e se aventurou pela Bulgária, Emirados Árabes e Coréia do Sul antes de se transferir para o Kisvárda, onde fez 4 gols em 13 jogos nesta temporada da Liga da Hungria já encerrada.