Willyan Rocha (ex-Grêmio) e Lucas Possignolo (ex-São Paulo) marcam, Portimonense ganha e sai da zona de rebaixamento
Willyan comemora um gol que pode ser fundamental para a permanência na elite. (Foto: Divulgação/Portimonense)

Nesta terça-feira o Portimonense recebeu o Boavista e venceu por 2×1. Os três gols da partida foram marcados por brasileiros. O lateral esquerdo Willyan Rocha abriu o marcador, de cabeça. O zagueiro Lucas Possignolo, de pênalti, ampliou. No final da etapa complementar, o lateral Marlon descontou com uma bela cobrança de falta. Com o resultado, o clube do sul de Portugal empatou em pontos com o Vitória de Setúbal, mas fica na frente pelo número de gols marcados (27 x 25).

A partir de agora restam apenas duas rodadas para o fim da competição. A tabela do Portimonense é a seguinte: na próxima segunda, dia 20, visita o Paços de Ferreira (13º). E depois fecha o campeonato em casa contra o Desportivo das Aves, lanterna e já rebaixado, no dia 26.

O meio de campo inteiro do time da casa, foi composto por brasileiros, revelados pelo São Paulo: Júnior Tavares (lateral esquerdo, mas atuou como volante e foi substituído por Romulo), Lucas Fernandes, Bruno Tabata e Dener. Pelo time visitante, entraram em campo: Helton Leite (goleiro), Lucas (zagueiro), Gustavo Sauer (meia) e Cassiano (atacante).

O autor do gol que abriu o placar passou pelas divisões de base de Grêmio e Flamengo, jogou na Desportiva Ferroviária, Votuporanguense e Cova da Piedade (Portugal) antes de chegar ao clube de Portimão. E o autor do segundo tento também foi revelado em Cotia e saiu direto do tricolor paulista para o Portimonense. O responsável por fechar o placar começou a carreira no Criciúma, foi comprado e emprestado pelo Fluminense.

Confira os gols da partida: