Ex-América e Santos, Serginho e ex-Paraná, Lucas Souza marcam em vitória do Changchun Yatai pela Segunda divisão chinesa
Serginho comemorando o seu gol na partida. (Foto: Divulgação/Changchun)

O Changchun Yatai foi ao estádio do Kunshan pela nona rodada da Liga Jia, a Segunda divisão da China. No duelo, o Changchun dos brasileiros Serginho e Lucas Souza se deu melhor e venceu, assumindo a liderança do Grupo C da competição e abrindo cinco pontos de vantagem para o Kunshan que é o segundo colocado.

Os times fizeram duelo de quatro gols e foi o Kunshan que saiu na frente aos seis minutos, mas a partir do fim da primeira etapa, os brasileiros entraram em ação. Lucas Souza aos 47 pisou na pequena área para marcar e na segunda etapa, Serginho marcou de pênalti. Aos 88, Long Tan fechou a vitória por 3 a 1.

Revelado pelo Santos, Serginho passou por Santo André, Vitória e América-MG no Brasil, antes de partir para o Kashima Antlers do Japão, onde foi um dos grandes destaques do clube na conquista da Champions da Ásia de 2018. Após não renovar seu contrato com a equipe japonesa, o brasileiro assinou um contrato milionário para ser o protagonista do Changchun Yatai no projeto de retomada do clube à elite chinesa.

Lucas Vieira de Souza tem 30 anos e foi revelado pelo Juventus da Mooca, em 2011. O meia passou rapidamente na equipe paulista e foi vendido ao Paraná, em 2012. O jogador ainda tem passagens por Olhanense-POR, Parma-ITA, Moreirense-POR, Tondela-POR e AEL Limassol-CHI até ir para o Apoel, em 2017. Jogou por 3 temporadas na equipe do Chipre e foi vendido ao Changchun Yatai, em 2020. Nesta temporada, Lucas tem 1 gol em 1 partida pelo clube chinês.